Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

furia  Denki  Liga  dicionário  português  akitã  

Últimos assuntos
» Papo Livre
Sab 13 Out 2018, 01:56 por _Andre_

» Vingança Élfica 3D&T Alpha [Off ]
Qua 12 Set 2018, 09:06 por Saphira

» A Vingança Élfica 3D&T Alpha
Qua 12 Set 2018, 09:05 por Saphira

» Zakharov: [Ascensão]
Sab 08 Set 2018, 15:23 por Saphira

» Ascensão [Dados]
Sab 01 Set 2018, 19:25 por Oz

» Dados Vingança Elfica
Sab 01 Set 2018, 19:10 por Admin

» Prologo [Roy “O Rubro” Steel]
Seg 13 Ago 2018, 09:03 por Saphira

» Sem Base !
Sab 04 Ago 2018, 09:13 por Saphira

» NPCs [Aliados]
Seg 23 Jul 2018, 10:05 por Saphira

Tópicos similares

    Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

    Ir em baixo

    Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Saphira em Sex 02 Fev 2018, 09:11

    Walfengarr Roggandin, o rei de Zakharov esta em conflito com A Guilda dos Mercadores devido a fronteira da área de Tormenta que já começava a dar sinais de ameaças a Yuvalin, por "sorte" do acaso uma cleriga da Laurina Deusa das Estrelas estava na capital no qual teve uma reunião com o Walfengarr Roggandin prometendo livrar-se da área de Tormenta firmando um acordo com o Rei.

    Cleriga Hoshi já havia reunido um pequeno grupo de aventureiros devidamente qualificados para a missão, sem dizer nada ao rei já tinha planejado com um mês de antecedência a invasão. Sua principal missão era treinar guerreiros indestrutíveis contra a Tormenta. Espiões nas Montanhas Uivantes e em determinados pontos chaves já haviam reunido informações precisas sobre a Cidade da Tormenta e seus arredores, não compartilhou essa informação com o rei, vendo que não era preciso.

    Roy "O Rubro" foi sua ultima contratação, seguiu seu rastro até a capital no qual ele estava descansando alguns dias na casa da família de sua finada esposa, não foi difícil exaltar seus feitos, elogiar a guilda de aventureiros chamada "Os Desbravadores" no qual ele fazia parte, por fim convencê-lo em adentrar na Área de Tormenta para matar Aharadak. Um feito que ela explicou em palavras ser fácil devido ao grupo que estava reunindo, fez questão de ter sua conversa com Roy frente aos familiares de sua falecida esposa, um peso extra na cobrança de sua vingança pessoal.

    Em uma segunda reunião com o Walfengarr Roggandin e seus conselheiros. Roy "O Rubro" e os demais foi ofertada a recompensa de títulos e terras em seu reino. quando a reunião terminou e logo apos os preparativos o grupo partia, Hoshi prometeu que daria fim naquela doença chamada Tormenta que contaminava o reino de Zakharov. Assim que seguiram pela rua principal rumo ao portão da cidade era cercado pelos aldeões que comemoravam a partida do grupo, a Hoshi a fez questão de espalhar rumores sobre a destruição da Área de Tormenta nas mãos daquele grupo apoiado pelo Rei Walfengarr Roggandin. Quando passaram pelos portões Hoshi teleportava o grupo para as extremidades da área de Tormenta, cada um para um ponto especifico.

    ###############

    Roy ainda não havia se acostumado com aquele céu rubro além de um terreno destruído, a clérigo o guiava pelo lugar, marchando junto a seu exercito já estava completando uma semana com aquela marcha e um massacre de muitos Uktril, Geraktril que tentavam impedir seu avanço, a Estrepe do Norte estava muito movimentada, o Lord havia mandado muitos lefeus para enfrentar o pequeno exercito, redirecionando aqueles que estavam em patrulha para enfrentá-los queria testá-los.

    Acampados em um ponto seguro fora do alcance de ataques no Rio dos Deuses o exercito descansava. Roy naquela tarde permanecia a conversar com Hoshi que explicava mais sobre sua função. O Rubro sabia que ela morava em Ni-Tamura, assim como parte de seu exercito, a outra grande metade era formada por ex-escravas de Tapista, ela não comentou sobre o conteúdo que carregava nas carruagens fechadas, mas dava a entender ser algum tipo de arma de Guerra, já que ele descobriu que o exercito dela era especialista em ataques a distancia e construções, ela tinha um fascínio por construir e entender o funcionamento das coisas.

    Continuaria conversando com Roy se não fosse pelo alarme que soava alto pelo acampamento improvisado a clérigo saia de sua tenda para ver o que estava acontecendo, deparava-se com um ataque suicidio de muitos Uktril, destruindo acampamentos os soldados revidavam com armas em punho.

    Mais a frente um enorme monstro surgia da margem do Rio dos Deuses parecia um imenso caranguejo de seis metros de diâmetro Têm dez patas e dois pares de enormes pinças afiadas, quatro olhos ocultos sob a carapaça e longas antenas. São totalmente recobertos de espinhos pontiagudos, seguia de encontro ao acampamento.

    -Vamos pegar o grandão... Foi a única coisa que a jovem falou ao sair com armas em punho com um sorriso para o Roy enquanto ordenava seu exercito a defender-se dos lefeus inferiores.


    OFF: Pode iniciar o teu ataque a criatura esta a frente de vocês deve gastar movimento para alcança-la.
    1 x Morgadrel, até o presente momento o resto é figurante Razz

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
    Tesouro grupo
    avatar
    Saphira
    Barão
    Barão

    Mensagens : 302
    Pontos de Experiência : 1954
    Boa Fama : 16
    Data de inscrição : 28/08/2016
    Idade : 23
    Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

    Ficha do personagem
    Básico:
    Vantagens/Desvantagens/Perícias:
    Descrição História:

    Ver perfil do usuário

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Oz em Dom 01 Abr 2018, 00:52

    O Rubro
     
    Quando fora convidado a adentrar tão fundo na Tormenta e derrubar um lorde, O Rubro sabia que era seu dever. Uma hora ou outra ele iria ter que se provar. E esse era o momento. Ele nem pestanejou para ir nessa missão. Revivera o momento da perda de seus dois maiores tesouros, Elena e Kara, como em outros vários momentos, sentiu aquela náusea e se recompôs. 

    Quando entrou na área de Tormenta, a sensação da perda foi ainda maior, por mais que já estivesse acostumado com esse terreno, todas as vezes era o mesmo desconforto, tudo parecia tão errado e fora do lugar, ele cerrou o punho em volta do cabo de sua espada, pediu a coragem de Valkaria e continuou seu caminho. Ao adentrar mais ainda, não aguentou e bebeu alguns goles de sua bebida, um gosto amargo percorreu sua garganta, sua companhia em tempos difíceis. 
    Aproveitava a convivência com a clériga para conhece-la melhor, mas fora interrompido pela nova onda de ataque das criaturas.

    --Vamos lá, fique perto de mim, te dou cobertura, irei atrai-lo. 
    Ele fecha seu capacete, pegando sua espada.
    -- Eu sou o esqueleto da minha espada, aço é meu corpo e fogo é meu sangue. 
    -- Keen de sua força e fúria para derrotar meus oponentes, Valkaria me empreste sua coragem para nunca parar.
    Enquanto recita seu mantra e faz sua prece, o corpo do Rubro se torna uma grande concentração de energia, como se o seu corpo exalasse uma forte aura, mais forte que sua aura sagrada ou de mana. 

    Off: Com 1 movimento uso poder oculto, gasto 14 pms, ficando os seguintes status:
    F:6 H:6 R:10 A:10 PDF:0 PV: 30/50 PM: 28/70
    + Armadura extra: quimico


    Assim, que seu corpo para por essa transformação, ele olha para onde deveria ser os olhos da criatura, ergue a espada em desafio a mesma. –VENHA, SEU MONSTRO!!! 
    --Great Wall!!
    Off2: Com seu outro movimento e menos -2pm, Roy usa seu poder de semi-deus, jogando 4 pontos de força para armadura.
    F:2 H:6 R:10 A:14 PDF:0 PV: 30/50 PM: 26/70
    Off3: No final do turno, aura sagrada, cura 14 PVs, indo para PV:44/50, e aura de mana vai para PM: 40/70 
    PS: Na última vez falou que iria usar as regras do Tormenta alpha, por isso estou me baseando nas regras da pagina 56 do Tormenta Alpha.

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
    Estamos ai... Se precisar é só falar...
    Iolas Balefrost - Vingança Élfica
    Dante e Lucius - Fúria de Titans
    Roy " O Rubro" - Aventura Zakharov (Campanha Épica)
    avatar
    Oz
    Lorde
    Lorde

    Mensagens : 1404
    Pontos de Experiência : 9158
    Boa Fama : 10
    Data de inscrição : 22/05/2012
    Idade : 33
    Localização : Guarulhos

    Ficha do personagem
    Básico:
    Vantagens/Desvantagens/Perícias:
    Descrição História:

    Ver perfil do usuário

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Saphira em Sex 11 Maio 2018, 09:21

    Roy preparava-se para o combate, tomando a frente da jovem logo após ela o ter convidado para a luta, sem contar que falou para Hoshi ficar perto dele. Ato no qual a fez sorrir de satisfação. de fato não errou em recrutar aquele paladino. Naquele rápido momento de satisfação ela teve uma sensação estranha, sentia algo estranho emanar do corpo de Roy, em sua prece talvez ele tivesse manifestado alguma habilidade de sua divindade, entre tantas coisas que estavam acontecendo em segundos, teve apenas uma que ela não ficou satisfeita em ouvir, e isso era o nome de Keenn, mas no momento tinha sua missão e isso era muito mais importante do que tudo.

    Além de preparar aqueles que escolheu para algo muito maior que uma simples área de Tormenta sem contar que tinha que afastar Roy, da "Ordem dos Libertadores", ele é seu diamante bruto prestes a ser lapidado assim como os demais que ela escolheu e não vai abrir mão deles tão facilmente.

    Hisho ficou ali parada ao lado de Roy, mais tarde perguntaria sobre o que ele acabou de fazer, sabia de algumas habilidades do Rubro, visto em relatórios, mas naquele momento ficaria apenas apenas esperando a criatura se aproximar motivada pela bravata de Roy, claro e novamente tomar mais um banho ácido. cortesia da chuva que começava a ficar forte.

    O Morgadrel avançava devastando tudo a sua frente, atacou impiedosamente o Rubro, mas não com muita eficiência e maestria afinal era apenas uma aberração, com sua enormes pinças afiadas. Hoshi ficou na defensiva apenas observando o Morgadrel, para ganhar alguma vantagem em combate ( Análise de Combate).



    OFF:
    Dano 16, 13, 14, 14, 17, 16, 16

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
    Tesouro grupo
    avatar
    Saphira
    Barão
    Barão

    Mensagens : 302
    Pontos de Experiência : 1954
    Boa Fama : 16
    Data de inscrição : 28/08/2016
    Idade : 23
    Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

    Ficha do personagem
    Básico:
    Vantagens/Desvantagens/Perícias:
    Descrição História:

    Ver perfil do usuário

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Oz em Qua 16 Maio 2018, 20:10

    O Rubro
     

    Muitos acham que a alcunha "Rubro" vem da cor da sua armadura, um vermelho escarlate. Mas só quem já o viu em combate, é que entende realmente o sentido de "o Rubro".

    Por todo o corpo dele, uma aura rubra, vermelha, acompanha todos os movimentos, e que a cada golpe do monstro, ele só vai se defendendo com sua espada, a cada troca de golpes, uma faísca intensa saia deles.



    -- Julgamento Divino. 

    Num breve momento o brilho intensifica e com um golpe rápido, mas poderoso de sua espada, Rubro corta a criatura arremessando ela para longe.


    Off: 
    -2pm um movimento transfiro 13 de A para F

    F15 A1

    -1 pm ataque especial

    -2 pm critico automático

    FA: H6+2(inimigo tormenta) + {F15+4(AEII)}x3 (critico + Base F15) +6(critico automatico) : 71

    Depois do ataque:


    -2pm um movimento para transferir 9 de F para A

    F:6 H:6 R:10 A:10 PDF:0 PV: 40/50 PM: 19/70 (Aura Sagrada curou 10)

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
    Estamos ai... Se precisar é só falar...
    Iolas Balefrost - Vingança Élfica
    Dante e Lucius - Fúria de Titans
    Roy " O Rubro" - Aventura Zakharov (Campanha Épica)
    avatar
    Oz
    Lorde
    Lorde

    Mensagens : 1404
    Pontos de Experiência : 9158
    Boa Fama : 10
    Data de inscrição : 22/05/2012
    Idade : 33
    Localização : Guarulhos

    Ficha do personagem
    Básico:
    Vantagens/Desvantagens/Perícias:
    Descrição História:

    Ver perfil do usuário

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Saphira em Sab 19 Maio 2018, 09:31


    O Morgadrel estava em um combate violento contra Roy seu erro foi ter investido contra o guerreiro Rubro que demonstrava uma perfeita maestria em manusear sua espada, na qual com movimentos precisos e rápidos desviava os golpes da criatura, a onda de energia que se despendia do corpo do guerreiro feria o monstro. quem estava perto conseguia ver a carapaça do Lefeu despedaçando-se a criatura não teve chance de proteger-se do ultimo ataque do Rubro no qual com um simples movimento cortava a carapaça do monstro rente onde deferia ser o seu rosto, o golpe o arremessava longe o fazendo cair na beira do rio soterrando a lama rubra.

    Hoshi impresionada com o que via aproximou-se do Roy com caute-la, temia que ele estivesse em furia ou algo parecido.

    -Afinal que tipo de humanoide é você, e a quem segue?  Usa o Manto da Senhora Valkaria e invoca o nome de Keenn em combate... Devo saber de algo antes da destruição do Aharadak, o Devorador?

    Ela permanecia ali parada ao seu lado, graças as proteções magicas que estava usando não era afetada pela chuva acida assim como Roy. No entanto se encontrava ali sozinha com o Rubro e ordenava com acenos ao restande da tropa preparar os equipamentos para atravessar o rio.

    -Você não vai surtar quando tiver que ir para Werra? Acredite depois de matar Aharadak e colocar as coisas em ordem aqui nossa próxima missão é ir para Werra... Claro com nossa vitoria teremos o apoio politico do Walfengarr Roggandin para tomar posse das Montanhas Uivantes...

    Acenava para o Rubro segui-la, em meio a conjuradores desintegrando os restos mortais dos Lefeus e  soldados afinal tudo que morre em uma área de Tormenta deixa de existir e naquele momento a  prioridade era limpar Arton da existência da Tormenta. Hoshi chegava perto de uma das carruagens blindadas.

    -Vou teleportar você para a outra margem com o exercito...Vou ficar aqui com os demais conjuradores até que todos estejam do outro lado...

    Agora com o acampamento em ordem e mais calmo. Sem encarar o rio vermelho, Hoshi manifestava sua magia graças ao ambiente uma energia rosada circundava o Roy, antes dele tentar falar algo era teleportado, logo em seguida a tropa começou aparecer frente ao Rubro.

    Sentia-se o clima mais pesado naquela parte do lugar a neve rubra era mais resistente quase como cacos de vidro a paisagem por sua vez era de um rubro mais forte mesclando a paisagem ao longe, diminuindo drasticamente a visão de todos, pois só alguns metros a frente distinguia-se montanhas, árvores e neve ou caricaturas já cobertas de matéria vermelha. Pelo Mapa entregue ao Rubro da área levaria um dia de marcha forçada para chegar as proximidades da cidade, mas não contava o tempo extra que teriam de gastar abrindo caminho até a mesma.

    Roy seguiu com o exercito a frente, Hoshi cansada marchou por algumas horas, ate acamparem perto de um morro, o terreno era muito irregular, mas Hoshi e os demais conjuradores pareciam exaustos devido ao uso de muita magia, mas desta vez a guarda do lugar era redobrada, tanto é que trincheiras foram abertas em torno do acampamento na qual foi colocada uma pesada arma de fogo feita completamente em Aço-Rubi, arcos eram usados em caças esportivas ou em alguma competição boba, metade daquele arsenal vinha escondido em algumas carruagens.

    Novamente como sempre Roy estava na tenda de Hoshi que estava sentada descansando tomando um pouco de chá, a meio-elfa estava sem sua armadura, usava apenas seu kimono tradicional em tonalidade azul clara com pequenos detalhes em dourado que imitavam inumeras estrelas, uma ex-escrava elfa servia um pouco de chá para o Roy, sentada ao seu lado ela estava ali para servi-lo com mais chá ou algo para comer.

    Roy não entendia o que estava acontecendo realmente, o fato de tantas culturas diferentes atuando em conjunto e tudo aquilo apenas para destruir uma área de Tormenta ou ir para Werra. No que ele realmente estava se metendo, pela honra da jovem ela não usaria aquele tipo de arma já que era proibida pelo reinado e seu exercito vinha de ex- escravas e escravos daquela região eram muitas perguntas e poucas respostas, estaria ele fazendo o bem ou apenas mudando uma maldade existente por outra.



    OFF: 1º Descanso, oportunidade para tirar duvidas saber mais sobre  a missão, ou qualquer outra coisa antes do combate Razz
    +1 Pes
    -23 Pm
    Ainda tenho que colocar a data nisso (preguiça)

    ★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
    Tesouro grupo
    avatar
    Saphira
    Barão
    Barão

    Mensagens : 302
    Pontos de Experiência : 1954
    Boa Fama : 16
    Data de inscrição : 28/08/2016
    Idade : 23
    Localização : Templo da Morsa Anciã Sagrada

    Ficha do personagem
    Básico:
    Vantagens/Desvantagens/Perícias:
    Descrição História:

    Ver perfil do usuário

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Re: Prologo [Roy “O Rubro” Steel]

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Conteúdo patrocinado


    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

    Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum