Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Palavras chave

akitã  Liga  

Últimos assuntos
» Papo Livre
Dom 12 Nov 2017, 21:02 por Atmo

» Dados Fúria de Titans
Qua 08 Nov 2017, 19:07 por Admin

» Coisas Estranhas e Bizarras !
Qua 01 Nov 2017, 23:47 por 087

» Organizações
Sab 28 Out 2017, 22:06 por Pontus Maximus

» Bens Imóveis
Sab 14 Out 2017, 23:02 por Mataro

» Fichas Fúria de Titans
Sab 26 Ago 2017, 15:03 por Mataro

» FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final
Ter 01 Ago 2017, 20:17 por Joshua

» Tópico Off - O Desafio - FÚRIA DE TITANS
Ter 01 Ago 2017, 17:23 por Oz

» Zakharov: [Ascensão]
Dom 11 Jun 2017, 21:50 por Mataro


FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Página 23 de 45 Anterior  1 ... 13 ... 22, 23, 24 ... 34 ... 45  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por Mataro em Sab 09 Jul 2016, 23:05

██████████████████████████████████████████████████
ミ★ FÚRIA DE TITANS ★彡 ЭЄ dia 27 de Namish (Abril) (13:00 Horas) ЭЄ
LUTA NA ARENA


Grunts Especialistas de Ahriman (12S)
F3/0, H2, R3, A3, PdF0/3, 1 Poder de Kit, 1 Vantagem


Essa magia tem uma peculiaridade, forma, grupos de inimigos grunts bem parecidos com os de Antarius, mas esses Grunts são mais civilizados e mais especializados, mas ainda compartilham da fome por sangue da vertente mais fraca.

Esta é o nivel 4 da Magia Grunts de Ahriman

Turno 2
Iniciativa
1º Freedom=10
2º Lucius=9
3º Craven=9
4º Grunt (Blain)1=8
5º Amanda=7
6º Dante=7
7º Grunt 2=7
8º Grunt (Amanda)3=7
9º Grunt 4=6
10º Grunt 5 (Lucius)=4
11º Blain=3
12º Grunt 6(Freedom)=3
Lúcius
Quando Freedom caiu em chamas. Quase que imediatamente Lucius foi em seu socorro e fez os primeiros socorros.
Freedom +12 PVs
Freedom
Freedom se levanta com dificuldade, mas mesmo assim continua sua canção.
A torcida volta a gritar aliviada de seu general estar vivo.
-UHUUUUU.....AMARITÍ....IMORTAL....AMARITÍ....IMORTAL....AMARITÍ....IMORTAL....AMARITÍ....IMORTAL....
Craven
Craven atira no monstro que feriu gravemente Freedom.
FA=8+5++3+10=26
FD Grunt 6(-10pv)=6+0+4= 10

-16PVs
O Grunt cai morto com um tiro certeiro na cabeça. A Torcida novamente vai ao delírio com o tiro executado com perfeição.
-CRAVEN.......CRAVEN.......CRAVEN.......CRAVEN.......
O grunt cai no chão e se desmaterializa.
Grunt 1
Notando que seu aliado esta ferido o Grunt ataca Dante que esta mais próximo.

FA=3+2+4=9
FD Dante:3+14(7x2)+6+10=33
Dante se defende com grande facilidade do golpe do Grunt.
Amanda
Amanda corre em direção ao Grunt que imita seus poderes e o ataca com as suas garras.
FA=18(9x2)+3+6+10=37
FD Grunt 4(-3pv): =3+2+3=8
-29pvs
O ataque é devastador o grunt é totalmente estraçalhado pelo ataque. A torcida vai ao delírio.
-AMANDA.......AMANDA.......AMANDA.......AMANDA.......
Dante
Dante ignora os ferimentos e ataca o monstro com a sua espada novamente.
FA=8+1+3+10=22
FD Grunt 6(-11 PVs): =3+2+5=10
-12 PVs
O ataque acerta o monstro logo após Craven o ter alvejado e Dante acerta um alvo morto.
FA=8+1+3+10=22
FD Grunt 5(-11 PVs): =6(3x2)+2+6=14
-8 PVs
O Grunt muito ferido pelo ataque anterior não resiste aos ferimentos e morre.
A torcida Vibra 
-DANTE.....DANTE.....DANTE.....DANTE.....


NESSE MOMENTO 
Antarius desfaz sua magia.
- Parabéns, vocês venceram! - Antarius parabenizou todos.
- Esse Grunt ai não tinha mais chances mesmo. Vocês melhoraram bastante - Toni falou.
A torcida vibra Gritando o nome de todos.
Então eles se retiram da arena com os aplausos da torcida.

Entrando nos bastidores Toni volta a falar.

- Vocês evoluíram muito mas creio que não seja suficiente para derrotar Vulcazar, ele esta no mínimo 2 níveis acima de vocês.

-Vocês tem que melhorar ainda mais as suas capacidades.- Antarius comentou.

De repente um guarda aparece.

- Senhor - ele para um pouco para tomar fôlego - O Arquimestre Ahriman voltou de viagem e solicita a presença dos senhores imediatamente.

Antarius pensa um pouco.

-Ele já teve ter terminado.

-Será? - Toni perguntou.

-Provavelmente- Antarius fala pensativo- Nos acompanhem essas informações são para vocês também. 

Eles saem adando.

- E Freedom! Não o irrite novamente, não sei se terei poderes mágicos suficientes para acalma-lo dessa vez.

Eles saem caminhando e chegam na sala de reunião de antes.

Entrando na sala Ahriman esta sentado a mesa com vários papeis sobre ela.


- Eu viajando por todo o mundo e vocês ficaram todos esses dias brincando na arena com esses vermes e entretendo exércitos? - Ahriman parece irritado quando olha para Antarius e Toni.

-Conversaremos sobre isso depois...... Em particular.

Toni e Antarius engolem em seco quando Ahriman fala isso.

Ahriman examina todos dos pés a cabeça.

-Maldição Antarius você os deixou mais fortes! 

-Mas eu resolvo isso com você depois.

Vermes!
- ele fala olhando para o grupo. - Venham aqui. E vocês dois também - ele chamou Antarius e Toni.

-Viajei por todo o planeta reunindo informações sobre o exercito de Vulcazar. Vejam isso.

Ele joga em cima da mesa várias folhas de pergaminho para para todos olharem. 

Cada Folha tem o relatório de um indivíduo.

-Esses são os Generais do Vulcazar, ou os Humharrier como ele os chama.


OS HUMHARRIER DE VULCAZAR
Humrarrier é como Vulcazar chama seus generais de Guerra
Cada um comanda um grupamento do seu Exército. Eles são um total de 13, não se sabe porque Vulcazar escolheu esse numero, talvez signifique algo para ele.

Vulcazar


Um pouco mais de 10 anos atrás Vulcazar foi derrotado e preso em baixo de uma montanha, por meios mágicos desconhecidos (talvez a magia do Monserá o defensor e morador da montanha) ele ficou preso sob essa montanha.

Depois de ficar mais de uma década preso em baixo de uma montanha mágica ele milagrosamente desenvolveu poderes desconhecidos nesse período. Sabe-se pouco desses poderes que ele desenvolveu, mas acredita-se que ele se tornou centenas de vezes mais poderoso e milhares de vezes mais cruel. 

Suspeita-se que 3 dos seus Humharrier tenham o salvo da sua prisão, a Clériga da Morte Nathea sua discípula, o General Orc Monkruul seu aluno e o demônio Mebad ser libertado do plano inferior por Vulcazar.

Morbius
Seu escravo.

Nathea A Clériga da Morte

Quando adolescente foi encontrada por Vulcazar e salva das mãos de seu exército, ele a criou como filha e a ensinou os segredos do deus da morte a qual Vulcazar cultua.

Sob o treinamento do genial Vulcazar Nasthea se tornou extremamente poderosa e herdou do seu mestre o mesmo ódio pelos humanos que seu mestre. 

Ela é uma excelente clériga e é capaz de trazer mortos de volta a vida para lutar por ela. Com o uso da sua clava ela também é incrível em combate corpo a corpo.
Monkruul O Orc

Monkruul matou dezenas de Orcs e milhares de humanos para chegar onde ele esta agora. Notando do talento do Orc para a destuição Vulcazar o adotou como filho e o treinou pessoalmente para liderar os Orcs no campo de batalha. 

Ele é um guerreiro excepcional e muito difícil de ser derrotado em combate corpo à corpo.

Mebad O Demônio

Através de acordos com vários demônios Vulcazar conheceu Mebad, e com a promessa de o liberar no mundo após seu exército o dominar Mebad trouxe suas ordas de demônio do inferno para lutar junto a ele.

Mebad trás os poderes dos planos inferiores para amaldiçoar e roubar vida de seus inimigos em combate

Máscara da Morte

Um dos vencedores do torneio de Vulcazar Máscara da Morte recebeu o posto de general do exército de Arqueiros de Vulcazar. 

Guerreiro assassino habilidoso, conhecido por seus ataques pelas costas.

Tenebroso

Outro vencedor do torneio de Vulcazar o mago assassino procurado em todo o mundo ganhou o comando do destacamento de magos de combate de Vulcazar. 

Tenebroso é conhecido por suas magias devastadoras usando o poder do caos.

Yasara Barborossa

Outro dos vencedores do Torneio de Vulcazar, Yasara esta sob o comando da divisão de espadachins de Vulcazar. 

Yasara é considerado o melhor espadachim do mundo após vencer centenas de espadachins em duelos em todo o mundo.

Moo a máquina de Guerra

Moo é responsável pela divisão de máquinas de guerra de Vulcazar. Suspeita-se que ele pessoalmente tenha construído todos os construtos nessa divisão de combate de Vulcazar.

Moo é um construto poderoso em combate com inúmeros implantes de armas pelo corpo.

Grargruk O Morto Vivo

O anaití morto vivo foi trazido de volta dos mortos pelo próprio Vulcazar e comanda a segunda divisão de mortos vivos do seu exercito. 

Morto vivo muito competente em combate, luta juntamente com seu fiel amigo um do frio um lobo branco gigante (que era seu animal de estimação quando estava vivo).

Aul O Wargem Rei

Aul liderava os Wargens selvagens da Terra Selvagem, Vulcazar o encontrou, o domesticou o fazendo lembrar do tempo em que era humano e ele trouxe todas as tribos de lobisomens da terra selvagem para formar um exercito de lobisomens para vulcazar. 

Aul é conhecido por se entregar a sua selvageria em combate atacando indiscriminadamente amigos e inimigos

Rakrai O Heroi Auçá

Notando que Vulcazar possuía o mesmo ódio dos Auçá pela humanidade e que ele  estava formando um exercito poderoso na terra Selvagem o Acemira (Rei dos Auçá) começou a estreitar relações com os Orcs da Terra Selvagem. Após Vulcazar pessoalmente vistar o Acemira os Auçá mandaram sua divisão de guerra mais renomada para se juntar ao exercito. No seu comando esta o seu mais renomado Herói de Guerra Rakrai. 

Rakrai é conhecido por ser um lutador incrível em combate, nunca sendo derrotado por ninguém.

Tri'a A Vampira

A terra selvagem esta infestado de vampiros poderosos Tri'a é a prova disso, uma rainha vampira que existe desde antes do império existir. Com a promessa de que ela poderia assumir o controle de um dos reinos mais populosos do império para ela transformar em uma nação de vampiros( se alimentando da população do reino) ela se juntou a Vulcazar. Sabe-se apenas que ela reuniu todos os Vampiros que encontrou e os que conseguiu transformar na terra selvagem e criou a divisão de vampiros do exército. 

Ela é uma maga incrivelmente poderosa, comparada aos próprios membros fundadores da Ordem dos Arcanos imperiais.

Cerkon O Gigante
Comandante das Bestas de Guerra

Cerkon o rei dos monstros gigantes da Terra Selvagem estava preso por um povo dos Anaiti da terra selvagem que o alimentava com oferendas. Vulcazar o libertou e Cerkon trouxe várias bestas de guerra para lutar no exercito de Vulcazar.

Monstro gigante que usa seu tamanho para enfrentar inimigos menores.

Jalie A Rainha dos Ares

Jalie é rainha de um nação bárbara da Terra Selvagem, eles são conhecidos por domesticarem bestas voadoras. Negociando com Vulcazar ela trouxe bestas voadoras para o seu exercito. 

Ela juntamente com seu grifo são imbatíveis em combates aéreos.

Depois de entregar as fichas Ahriman fala sorrindo.
-Se preparem, amanhã todos eles estarão aqui para nos matar.

-Resta a nós os matar antes.

-O exército é muito grande?  - Toni perguntou.

-De acordo com as minhas fontes o maior que esse mundo já viu - ele responde.

-Temos problemas então. - Toni parece pensativo.

Podem debater entre vocês, perguntar alguma coisa.

O que desejarem fazer.

Ahriman pode ter informações adicionais sobre os inimigos e o exército.


OFF

Todos ganham 1 Ponto de Personagem. Se quiserem já podem adicionar as suas fichas.

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
avatar
Mataro
Arcano Imperial
Arcano Imperial

Mensagens : 3111
Pontos de Experiência : 16384
Boa Fama : 15
Data de inscrição : 31/03/2012
Localização : Airy

Ficha do personagem
Básico:
Vantagens/Desvantagens/Perícias:
Descrição História:

Ver perfil do usuário http://nonplusrpg.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por Oz em Dom 10 Jul 2016, 18:49

Dante e Lucius

Ao acabar a luta:

-- Muito bem pessoal, conseguimos vencer.
Diz Dante a todos.

Dentro da sala reservada:
Ao ouvir sobre a general vampira, Dante fala com Kitetsu:
"-- Os vampiros conseguem transformar humanos? Você conheceu essa vampira?"


Lucius espera eles terminarem de falar e se dirige ao Ahriman:
-- Mestre Ahriman, esses generais são do mesmo nivel de poder meu e de meus companheiros ? Outra coisa, sei que já devem estar trabalhando nisso, mas temos como combater esse exército aéreo deles? Teriamos alguns clérigos ou magos, que possam expulsar esses mortos-vivos?

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★
Estamos ai... Se precisar é só falar...
Iolas Balefrost - Vingança Élfica
Dante e Lucius - Fúria de Titans
avatar
Oz
Lorde
Lorde

Mensagens : 1342
Pontos de Experiência : 8749
Boa Fama : 10
Data de inscrição : 22/05/2012
Idade : 32
Localização : Guarulhos

Ficha do personagem
Básico:
Vantagens/Desvantagens/Perícias:
Descrição História:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por _Andre_ em Seg 11 Jul 2016, 00:41

Freedom fica sentado na mesa, sempre prestando atenção. Desta vez está calmo e mais confiante. Demonstrando respeito pelos velhos magos.

-- Mas como será isso? São praticamente 2 generais para cada um de nós! É isso? Teremos que dividir o alvo entre nos e escolher qual o melhor contra cada inimigo? 


-- Vulcazar é mesmo impressionante. Achou os mais diferentes tipos e raças. Mas isso não é uma fraqueza? Cada um ali deve ter suas ideias e objetivos. Duvido que trabalhem em equipe quando preciso.....


-- Com essas informações já traçaram algum plano ou algo assim?   Da para saber o tamanho do exercito que cada general controla? 




Freedom fica sentado limpando seu velho cordão enquanto conversa....>>

Blain: Fica olhando as fichas em cima da mesa......

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

Todos os heróis caem derramando o seu sangue na areia 
Sonhando de alguma forma, que as divindades ergam-se !!!
avatar
_Andre_
Lorde
Lorde

Mensagens : 1886
Pontos de Experiência : 11332
Boa Fama : 16
Data de inscrição : 13/05/2012

Ficha do personagem
Básico:
Vantagens/Desvantagens/Perícias:
Descrição História:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por Pontus Maximus em Seg 11 Jul 2016, 16:16

Amanda 

Apenas falo com calma:

-Pois bem, escutem todos, nos vamos vencer, quer seja de um jeito ou de outro. Falhar não é uma opção. Mas uma coisa é certa, Airy, o mundo como conhecemos irá mudar e até mesmo raças serão extintas, eu pretendo lutar contra os Auças mas como tem gente minha que se corrompeu pro lado dele então eu vou precisar que meus Lupinos estejam armados com Prata e fogo, assim como eu.


-Vampiros, que eu saiba tem fraqueza ao fogo e gigantes são fáceis de acertar com armas potentes o suficiente das Airships e de Magos.


-Uma nova Área Desmorta ira nascer meus caros isso é bem provável. Aos Magos eu digo que procurem ver ser os inimigos tem desvantagens raciais, acho que Demônios são vulneráveis ao gelo, mas não tenho certeza. 


-Quero lutar face a face com pelo menos um general. Não haverá baixas nossas antes que hajam baixas do lado deles, os meus Uivantes estão prontos, agora eu digo, cada cidadão deve ter uma arma e os mensageiros devem ser enviados aos outros reinos para pedir reforço caso as coisas piorem demais. 


-Proponho que ataquemos primeiro, não deixaremos que anoiteça para que não fiquem mais fortes e numerosos. E no que depender de mim ninguém fica para trás e não farei prisioneiros ainda que receba ordens para fazer alguns cativos eu não vou deixar sobreviventes para irem para uma prisão.

Depois de discursar eu me preparo para ouvir os demais.
avatar
Pontus Maximus
Soldado de Deus
Soldado de Deus

Mensagens : 1984
Pontos de Experiência : 11890
Boa Fama : 16
Data de inscrição : 15/05/2012

Ficha do personagem
Básico:
Vantagens/Desvantagens/Perícias:
Descrição História:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por Joshua em Ter 12 Jul 2016, 16:48

Craven

Craven esta encostado em um canto da parede, após todos darem sua opinião é sua vez de falar:

--Bom, claramente Vulcazar tem ótimos generais, e duvido que cada um de nós consiga derrotar 2 deles, mas é notável que alguns de nós tem vantagens contra alguns dos generais.Supondo que ataquem todos juntos, nos individualmente devemos ir primeiro contra os que temos uma maior chance de vitoria, tendo supostamente derrotado nossos adversários devemos nos unir em times e ir eliminando os outros generais o mais rápido possível. Supondo que façam ataques em intervalos nossa chance aumenta, porque podemos designar exércitos mais adequados para o inimigo, e depois que a luta terminar os que lutaram descansam e outros tomam a frente de batalha.


--Caso contrário pode ser que fiquemos sem energia pra lutar contra as reais ameças nessa guerra: Morbius e Vulcazar.
.
avatar
Joshua
Barão
Barão

Mensagens : 278
Pontos de Experiência : 2391
Boa Fama : 5
Data de inscrição : 13/02/2015
Idade : 19
Localização : Guarulhos

Ficha do personagem
Básico:
Vantagens/Desvantagens/Perícias:
Descrição História:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FÚRIA DE TITANS - A Batalha Final

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 23 de 45 Anterior  1 ... 13 ... 22, 23, 24 ... 34 ... 45  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum